Você está ouvindo: "Al Green - For The Good Times (espere até 20 seg - música toca automaticamente)"

PAPIROS DE ALEXANDRIA - UOL Blog --

ESTIAGEM

Dá-me tuas mãos sinceras, para que eu possa te mostrar como vim parar aqui, entre a razão das coisas que se percebem e das outras tantas que nunca nos são reveladas.

Dá-me estas tuas mãos finas, para que sintas pulsar em meu peito as respostas das perguntas nunca formuladas, ou os caminhos traçados e que jamais foram percorridos.

Dá-me estas tuas mãos cálidas, unidas pela estranha força que nos separa, comprimidas pela irônica fraqueza que nos une, para que eu te entregue o amor que em mim transborda ou o abandono que em mim se estia.



Escrito por Luciano às 23:04:03
[] [envie esta mensagem]



Belo, quando não dizes nada, porque teu silêncio é presente e tua respiração, constante.

Lindo, quando não proferes sequer uma palavra, posto que de hora em hora vens a agitar-me as células que compõe o meu coração.

Perfeito, é o teu emudencimento, que carrega em si todas as traduções da alma.

Que de forma exata me diz quem tu és; que de maneira inequívoca confessa a mim quem nunca fostes...



Escrito por Luciano às 20:14:53
[] [envie esta mensagem]



 
Gostaria de ter escrito isso:
 
Melodia Sentimental
Heitor Villa Lobos
Composição: Heitor Vila-lobos - Dora Vasconselos

Acorda, vem ver a lua
Que dorme na noite escura
Que surge tão bela e branca
Derramando doçura
Clara chama silente
Ardendo o meu sonhar

As asas da noite que surgem
E correm o espaço profundo
Oh, doce amada, desperta
Vem dar teu calor ao luar

Quisera saber-te minha
Na hora serena e calma
A sombra confia ao vento
O limite da espera
Quando dentro da noite
Reclama o teu amor

Acorda, vem olhar a lua
Que dorme na noite escura
Querida, és linda e meiga
Sentir seu amor é sonhar...


Escrito por Luciano às 09:15:53
[] [envie esta mensagem]



 
Que louca paixão é essa que vem quando é pra voltar? Que chega pra perturbar?
Que tira do sério, que desgruda do chão, que teima, que desobedece, que retruca, que ocupa um espaço não conquistado?
Um sentimento verdadeiro mentindo ser racional, julgando ser absoluto, enquanto o mundo gira no abstrato das paixões...
Que se acha indefinível, que se porta petulante, que nos entrega de bandeja, que nos arrasta, que nos comprime, que nos suprime, que nos completa...
Repleta chama que não cessa, variado amor que não se escassa!


Escrito por Luciano às 22:50:02
[] [envie esta mensagem]



ESCOLHA!

Que à hora mais estranha do desamparo - mortal silêncio que sucede o desespero - venhas acariciar-me a face, docemente.

Que essas tuas mãos, despreocupadas e dispersas no espaço, reencontrem o caminho que as levem até o meu corpo revisitado incontáveis vezes.

Lembras-te de como contias meu peito, que insistia em dar saltos mortais sem nenhum aviso? Pois bem, o tempo ainda nos é oportuno. Aproveites bem dele para amenizar a dor legada por tua partida, ao passo que procuro compreender a indiferença despejada pelo teu coração. Quiçá entendesse teus devaneios.

Se me amas e te calas, és perversa;

Se calas o amor, é crueldade sem perdão.



Escrito por Luciano às 20:19:55
[] [envie esta mensagem]



"Por onde esse amor andava que
Não quis você de jeito nenhum
Que vontade de ter você
Que vontade de perguntar
Se ainda é cedo..."(Dalto)

Alguma coisa ficou suspensa em todo esse sentimento, que agora percorre as veias e se aloja em meu coração de modo estranho, alheio e diverso.

Um gosto de sentimento inacabado, como um grito não dado ou uma palavra sufocada. Uma espécie de olhar que nada olhou, um desejo que não se findou. Ah, vontade que nunca cessa!

Que impróprio modo de amar é esse, tão cheio de vida, capaz de trazer você até mim, que encobre e salvaguarda meus medos existentes, mas que também me desnuda em abraços e atira-me aos resultados da paixão?

Que sentimento extraordinário é esse que, de tamanha presença - e presença evidente - se faz dor? Pois estando e não mais estando em mim, habitas meu peito e minhas lembranças, ainda que meus olhos sequer encontrem os seus através da escuridão.



Escrito por Luciano às 20:45:19
[] [envie esta mensagem]



[ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Centro-Oeste, CAMPO GRANDE, CENTRO, Homem, de 26 a 35 anos, English, French, Cinema e vídeo, Música
MSN - lucianodeaguiar@hotmail.com



BREVE RESUMO 

LUCIANO VIEIRA - Escritor, Mestre em Literatura e Estudos Culturais, Especialista em Ciências da Linguagem/Estudos Literários. Jornalista e Produtor Cultural. Produzindo textos desde 1994, há 9 anos possui o "PAPIROS".

 

Histórico
01/07/2015 a 31/07/2015
01/09/2013 a 30/09/2013
01/07/2013 a 31/07/2013
01/05/2013 a 31/05/2013
01/12/2012 a 31/12/2012
01/08/2011 a 31/08/2011
01/05/2011 a 31/05/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/06/2010 a 30/06/2010
01/05/2010 a 31/05/2010
01/04/2010 a 30/04/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/02/2010 a 28/02/2010
01/01/2010 a 31/01/2010
01/11/2009 a 30/11/2009
01/09/2009 a 30/09/2009
01/08/2009 a 31/08/2009
01/06/2009 a 30/06/2009
01/05/2009 a 31/05/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006


Votação
Dê uma nota para meu blog


Outros sites
Para Ler a Vida
- O Pequeno Milagre
- Blog da Mulher Diferente
- Pensamentos, Devaneios e Fotos
- Maça Envenenada
- Resposta em Branco
- Poesias, músicas, poemas, crônicas, contos...
- De Ponta Cabeça
Enfim Blogamos


BLOG DO GALVÃO Free Image Hosting at www.ImageShack.us
Clique na imagem para mais detalhes